afonsul.jpeg

AFONSUL

  • Instagram

+55 13 98169-7768

  • Whatsapp

BIO.

Nasci e cresci em Santos, morei parte da minha infância em uma comunidade chamada Santa Cruz dos Navegantes, no Guarujá.

Quando criança era muito tímido e confesso que ainda carrego um pouco dessa timidez comigo, mas bem pouco!

Eu me protegia do mundo através da introspecção, papel e lápis. Ali tudo se resolvia. Com o passar do tempo fui me afastando desse mundo onde tudo era possível e entrei numa espécie de limbo acadêmico, passando por várias áreas, como automação industrial, engenharia ambiental, e até mesmo uma faculdade de Arquitetura que, apesar de não ter terminado, foi onde pude me aproximar, estudar e vivenciar o mundo a partir de pontos de vistas que vinham de encontro com a minha visão de vida.

Durante a pandemia utilizei o isolamento social para consumir boas doses de tudo o que me fazia bem, e em maio de 2020 comecei a aplicar os conhecimentos que tinha adquirido na faculdade de arquitetura para produzir retratos digitais. As produções foram muito bem recebidas, mas ainda faltava algo.

O algo? Bom, o algo era pintar na rua e vivenciar na pele um pouco da essência do que arte urbana proporciona. Em julho de 2020 foi quando iniciei esse tipo de arte, e desde então me apaixonei e inclinei todo o meu foco para aprimorar as técnicas com spray e tinta acrílica, que eram ferramentas que até então eu não tinha ideia de como utilizar.

De lá pra cá criei e co-criei diversos murais pela cidade de Santos, Guarujá e São Paulo, e fiz também parcerias com marcas como: Tintas Coral e uma coleção de pranchas assinadas na HolyEdge Surfboards.

O trabalho artístico tem infinitas possibilidades, e uma comunicação pluralizada, e é isso que me fascina e move até hoje.

As inspirações que tenho surgem de experiências que me permito viver. E é do cotidiano que me nutro para produzir murais, telas, projetos digitais ou qualquer outro tipo de intervenção artística, com uma vontade contínua de construir uma ponte com as pessoas, despertando sensações e sentimentos para que a arte seja como uma espécie de respiro no meio de uma rotina corrida.

Big Title

224660094_3287145088181791_3887909517112405617_n.jpg

BOMFIM

  • Instagram
  • Whatsapp

+55 13 99141-4170

BIO.

Erico Ferreira Feitosa do Bomfim, mais conhecido como BOMFIM,  atuou durante 10 anos como Diretor de Arte em agência de Propaganda. Ali ele ilustrava, criava campanhas, marcas e projetos. Buscando a sua identidade Bomfim, resolve virar artista urbano, criando projetos voltados apenas a arte Urbana. Criador por natureza, inventor de imagens, e com um olhar apurado para a cidade.  Criou a famosas ilustrações “ Santos é um Ovo” e “Tamo Frito”, entre tantos outros espalhados por Santos.
Alguns projetos existem e fazem parte do cotidiano de Santos dentre eles o projeto pintando o 5 do Cine Roxy, as Vilas Criativa, o Projeto “Essa Boca não é lixo”, o Mural da Perimetral, os Postes da Rua Gastronômica (Tolentino Filgueiras), Projeto + Cores, e o La Q’brada do Samba fazem parte do portifólio desta figura santista!

WhatsApp Image 2022-06-28 at 18.25.49.jpeg

CAMILA BERNARDO

+55 13 99156-1010

  • Whatsapp
  • Instagram

BIO.

Mila Bernardo é uma artista plástica santista, trabalhando primeiramente com peças garimpadas, como molduras, livros e discos busca através de suas obras transcender a barreira dos objetos e palavras, afim de criar novas narrativas que vão além do lugar-comum e trazem questionamentos filosóficos e sociais. ⠀

WhatsApp Image 2022-07-05 at 19.05.12.jpeg

DANI SERPE

  • Instagram
  • Whatsapp

+55 11 99128-4287

BIO.

Imagine virar uma esquina na sua cidade e se deparar com uma imagem cativante, colorida, impossível de ignorar lhe comunicando uma mensagem. É de se abrir um  sorriso! Imagine agora se essa arte instalada tivesse uma cor belíssima e formas imponentes nas inconfundíveis tramas do crochê? Criatividade que encanta e comunica.

 

Assim é a intervenção urbana YarnBomb de Dani Serpa. Peças inovadoras e impactantes de Maxi Crochê capazes de comunicar, de forma alegre e colorida, algo sobre uma marca, uma ideia, um conceito ou uma ação.

 

Daniele Serpa é uma artista natural da cidade de Santos, hoje uma das  expoentes brasileiras na arte do YarnBomb de intervenções urbanas. Sua missão é comunicar mensagens e histórias através da arte do maxi crochê, tornando-o mais conhecido e a cidade mais leve, atrativa e alegre.

 

O Yarnbomb é a ideia sustentável de intervenção artística que usa peças de crochê (ou de tricô) para colorir paisagens urbanas. O Maxi Crochê é uma modalidade moderna de crochê que inovou o design artístico das peças.

WhatsApp Image 2022-06-28 at 14.37.11.jpeg

A FASE

  • Instagram
  • Whatsapp

+34 615 73 09 02

BIO.

A partir da vontade de levar as pessoas o gosto pela arte, aliado à identidade do skate, surgiu a ideia de construir uma identidade própria, cuja marca representa a união de ideais em torno de um mesmo objetivo.

Fundada em 2006, a FASE! cresceu e evoluiu graças a energia proporcionada pelos seus integrantes. Se formando com o conceito de fazer graffiti, por meios de cores, formas, tipografias e com inspiração clara pela cidade de Santos e sua cultura. Por outro lado há o skate, equilíbrio, dedicação e movimento como forma e estilo de vida.

Por meio da junção dessas diferentes e complementares expressões, são divulgadas para as pessoas, a nossa cultura e o esporte, sejam nas ruas, pistas de skate ou galerias de arte de nossa cidade ou ao redor do mundo. São ações que acabam sendo reciprocas, por interagirem de forma positiva, e criando ao mesmo tempo um intercâmbio de ideias, por serem absorvidas por pessoas de diferentes em faixa etária, profissão e meio social.

Formado em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte, Edgard Vieira é fundador do coletivo a FASE! e se dedica a 16 anos a atividades relacionadas a graffiti e murais, disseminando intervenções, obras e projetos artísticos. Morando em Barcelona a 6 anos, teve a oportunidade de levar a arte e cultura santista para alguns países europeus como Alemanha, Holanda, França, Portugal e Espanha.

WhatsApp Image 2022-07-12 at 19.42_edited.jpg

HUGO

  • Instagram
  • Whatsapp

+55 13 992037546

BIO.

Hugo Leal, inspirado pelas escritas nos muros que via no caminho para a escola e pelos amigos, teve contato com a pixação na cidade de Santos, onde nasceu. Neste caminho conheceu o graffiti, passando então a fazer parte de um movimento crescente no Brasil e que impulsionou sua carreira na arte. De lá até aqui, passaram-se mais de 23 anos, tempo em que pôde aprimorar sua técnica e a interagir com outras, adquirindo habilidade em diversas áreas artísticas.

Como sempre teve uma busca espiritual, isto não poderia deixar de inspirar a maior parte dos seus trabalhos, acreditando na ligação entre a natureza e a espiritualidade, expressa através de suas obras tudo que absorve neste sentido, sem perder as referencias do graffiti, da arte contemporânea e do cotidiano.

O resultado é um material rico em símbolos, cores e diferentes tipos de matérias primas. Percorre também o campo digital com ilustrações vetoriais, vinhetas, entre outras experimentações.

WhatsApp Image 2022-06-28 at 14.36.43.jpeg

LEO DARUMA

BIO.

Léo Daruma. Santos, 1984. 

Influenciado desde cedo por sua avó que lhe ensinou a pintar em um atelier improvisado no proprio quarto. Mais tarde se inscreveu em um  curso de histórias em quadrinhos no Sesc. Na adolescência foi apresentado ao underground quando começou a frequentar os shows de hardcore em Santos. (a famosa cena chamada de Califórnia brasileira).

Passou um tempo produzindo e colando lambes e stickers pela cidade de Santos. 

Sempre teve uma ligação com a colagem através dos fanzines.  

Em 2017, após frequentar um workshop com Lourenço Mutarelli, abandonou os desenhos e pinturas de vez para então se dedicar totalmente as colagens. 

Fundou a MadHouse publicações (@madhousepublicacoes) com sua esposa Erre Lima (@erre_lima) e desde 2017 participaram de várias feiras gráficas e eventos voltados a Arte expondo suas  criações: Des.gráfica, Miolos, Printa Feira, Feira Goma, Encontro de Criadores, Santos Jazz. 

Desenvolve trabalhos para diversos projetos e segmentos como: capas de álbuns, pôsters, paredes, shapes, estampas, capa de livro, artes para internet. 

Após a pandemia criou junto com Noelodran , Dtkoy, Julia Balthazar e Giu Koyama a Feira Goma (a primeira feira gráfica de Santos) 

As técnicas mais utilizadas são a Decollage e o Transfer, assim Daruma se apropria e mistura  fotos, frases, figuras e recortes para criar suas peças. 

Suas maiores inspirações são seus sonhos e pesadelos, o desconheicido, o Onírico, o Dadaismo e o Surrealismo.  

Dark art, fotos xerocadas, lambes, stickers, fotografias com máquinas analógicas e filmes vencidos, 
Bispo do Rosário, Farnese de Andrade, Jean Michel Basquiat, Conehorror, Lourenço Mutarelli, Floria Sigismundi, Anne Rice, Nise Da Silveira, Jeca Paul, Frida Kalo, Chuck Palahniuk, Yorgos Lanthmos, Michel Gondry,  Rob Zombie, Alejandro Jodorowsky, Jan Svankmajer, Ari Aster, Zé do caixão, Joe Hill, Clive Barker, Daren Arenofsky, o dadaismo  são algumas de suas referências.

WhatsApp Image 2022-06-30 at 09.53.38.jpeg

MARCOS GUINOZA

BIO.

Erico Ferreira Feitosa do Bomfim, mais conhecido como BOMFIM,  atuou durante 10 anos como Diretor de Arte em agência de Propaganda. Ali ele ilustrava, criava campanhas, marcas e projetos. Buscando a sua identidade Bomfim, resolve virar artista urbano, criando projetos voltados apenas a arte Urbana. Criador por natureza, inventor de imagens, e com um olhar apurado para a cidade.  Criou a famosas ilustrações “ Santos é um Ovo” e “Tamo Frito”, entre tantos outros espalhados por Santos.
Alguns projetos existem e fazem parte do cotidiano de Santos dentre eles o projeto pintando o 5 do Cine Roxy, as Vilas Criativa, o Projeto “Essa Boca não é lixo”, o Mural da Perimetral, os Postes da Rua Gastronômica (Tolentino Filgueiras), Projeto + Cores, e o La Q’brada do Samba fazem parte do portifólio desta figura santista!

WhatsApp Image 2022-07-01 at 14.05.59.jpeg

ANDRÉ MÃOZ

BIO.

Erico Ferreira Feitosa do Bomfim, mais conhecido como BOMFIM,  atuou durante 10 anos como Diretor de Arte em agência de Propaganda. Ali ele ilustrava, criava campanhas, marcas e projetos. Buscando a sua identidade Bomfim, resolve virar artista urbano, criando projetos voltados apenas a arte Urbana. Criador por natureza, inventor de imagens, e com um olhar apurado para a cidade.  Criou a famosas ilustrações “ Santos é um Ovo” e “Tamo Frito”, entre tantos outros espalhados por Santos.
Alguns projetos existem e fazem parte do cotidiano de Santos dentre eles o projeto pintando o 5 do Cine Roxy, as Vilas Criativa, o Projeto “Essa Boca não é lixo”, o Mural da Perimetral, os Postes da Rua Gastronômica (Tolentino Filgueiras), Projeto + Cores, e o La Q’brada do Samba fazem parte do portifólio desta figura santista!

WhatsApp Image 2022-06-28 at 14.38_edited.jpg

PAULO CAVERA

BIO.

Erico Ferreira Feitosa do Bomfim, mais conhecido como BOMFIM,  atuou durante 10 anos como Diretor de Arte em agência de Propaganda. Ali ele ilustrava, criava campanhas, marcas e projetos. Buscando a sua identidade Bomfim, resolve virar artista urbano, criando projetos voltados apenas a arte Urbana. Criador por natureza, inventor de imagens, e com um olhar apurado para a cidade.  Criou a famosas ilustrações “ Santos é um Ovo” e “Tamo Frito”, entre tantos outros espalhados por Santos.
Alguns projetos existem e fazem parte do cotidiano de Santos dentre eles o projeto pintando o 5 do Cine Roxy, as Vilas Criativa, o Projeto “Essa Boca não é lixo”, o Mural da Perimetral, os Postes da Rua Gastronômica (Tolentino Filgueiras), Projeto + Cores, e o La Q’brada do Samba fazem parte do portifólio desta figura santista!

20210925_174220-01_edited.jpg

PRËO

BIO.

Erico Ferreira Feitosa do Bomfim, mais conhecido como BOMFIM,  atuou durante 10 anos como Diretor de Arte em agência de Propaganda. Ali ele ilustrava, criava campanhas, marcas e projetos. Buscando a sua identidade Bomfim, resolve virar artista urbano, criando projetos voltados apenas a arte Urbana. Criador por natureza, inventor de imagens, e com um olhar apurado para a cidade.  Criou a famosas ilustrações “ Santos é um Ovo” e “Tamo Frito”, entre tantos outros espalhados por Santos.
Alguns projetos existem e fazem parte do cotidiano de Santos dentre eles o projeto pintando o 5 do Cine Roxy, as Vilas Criativa, o Projeto “Essa Boca não é lixo”, o Mural da Perimetral, os Postes da Rua Gastronômica (Tolentino Filgueiras), Projeto + Cores, e o La Q’brada do Samba fazem parte do portifólio desta figura santista!

Foto.jpg

RAMON ARZERRA